Histórico

Histórico

A Unidade Acadêmica de Matemática (UAMat) da UFCG foi criada a partir do desmembramento da Unidade Acadêmica de Matemática e Estatística (UAME) em 26 de dezembro de 2012 que deu origem também à Unidade Acadêmica de Estatística.

Por sua vez, a UAME teve sua origem no Departamento de Matemática e Estatística (DME) da antiga Universidade Federal da Paraíba, Campus II, com o desmembramento e criação da Universidade Federal de Campina Grande em 2002. Este departamento foi criado em 1979 a partir da divisão do Departamento de Matemática e Física o qual, por sua vez, originou-se do Departamento de Ciências Básicas cujo objetivo principal era o de ministrar disciplinas básicas para os diversos cursos da então Escola Politécnica.

Com a criação do DME iniciou-se o traçado de novos rumos para as áreas de Matemática e Estatística que, na visão de seus idealizadores, não poderia contentar-se em ser apenas um coadjuvante para os cursos de Tecnologia. Tornou-se imperioso que o DME repensasse os seus objetivos, até por uma questão de sobrevivência, haja vista que com a recente criação do curso de Bacharelado em Matemática era imprescindível a formação de uma massa crítica que o respaldasse (a habilitação licenciatura em Matemática foi criada apenas em 1980). Iniciou-se então discussões para a implementação de uma estrutura departamental que permitisse a co-participação de um número considerável de professores, através de comissões internas, que assessorassem a chefia departamental na realização dos múltiplos objetivos que se planejara atingir. Além disso, e como não poderia deixar de ser, em um departamento que pretendia emergir no cenário matemático brasileiro, teve início um programa, que até hoje não sofre descontinuidade, de qualificação de seu corpo docente que, até então, possuía um número reduzido de professores com cursos de pós-graduação em nível de mestrado. Tal programa teve início através de seminários internos que objetivavam preparar seus participantes para futuros programas de mestrado e/ou doutorado.

Em 1980, não obstante o estado embrionário do DME, organizou-se uma Reunião Regional da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) que contou com a participação de eminentes matemáticos brasileiros como conferencistas, e dezenas de participantes de vários estados nordestinos. Os organizadores deste evento tinham em mente dois objetivos básicos, a saber: a imersão do DME na comunidade matemática brasileira e a divulgação da Matemática entre seus jovens professores e alunos.

Em 1981 teve início um programa intensivo de liberação de docentes para os cursos de mestrado e doutorado em instituições nacionais de reconhecida qualidade. Com o excelente desempenho destes professores, bem como os alunos egressos do Curso de Matemática do DME, este departamento experimentou um crescimento do seu conceito junto à comunidade matemática brasileira.

Em 1985 começou o retorno dos professores com cursos de pós-graduação, sendo que em 1986 retornou o primeiro professor com o doutorado em Matemática. Este processo de liberação e retorno incorporou-se á rotina do DME, o que aos poucos consolidou a imagem do DME como um departamento onde se desenvolve ensino, pesquisa e extensão de boa qualidade.

Em 1988 o DME voltou a organizar uma Reunião Regional da SBM e, em 1989, através da área de Estatística uma Reunião Regional da Associação Brasileira de Estatística (ABE). Além disso, se manteve um intercâmbio com pesquisadores de outros centros do país através de Ciclos de Conferências, patrocinados principalmente pelo CNPq, que produziu resultados bastante favoráveis no que se refere a elaboração de trabalhos conjuntos.

Em 2002 a Universidade Federal da Paraíba foi desmembrada, criando a Universidade Federal de Campina Grande e, com a aprovação do novo Estatuto da UFCG, o Departamento de Matemática e Estatística recebeu a nomeação de Unidade Acadêmica de Matemática e Estatística – UAME.

Em Março de 2003, a UAME iniciou o seu Programa de Pós-Graduação em Matemática – PPGMat em nível de mestrado, o qual atua em cinco linhas de pesquisa: Álgebra, Análise, Estatística, Geometria e Matemática Aplicada. O Curso de mestrado é recomendado pela CAPES e, consequentemente, reconhecido pelo MEC, tendo obtido o Conceito 4 na avaliação do triênio 2007-2009. Já em março de 2010 a UAME iniciou o seu Programa de Doutorado em Matemática em Associação com a UFPB e com o apoio da UFPE e da UFC, este também reconhecido pela CAPES e com o Conceito 4.

Nos últimos anos a UAMat tem desenvolvido uma multiplicidade de trabalhos que envolve o ensino de diversas disciplinas básicas dos cursos de graduação e de pós-graduação do CCT e do CH, assim como pesquisas em diversas áreas de Matemática e Estatística. Conta com publicações relevantes em periódicos internacionais especializados e apresentação de trabalhos em Congressos nacionais e internacionais. Como atividades de extensão, sob a coordenação da UAMat, anualmente são realizadas a Olimpíada Campinense de Matemática e a Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas, as quais têm ajudado a projetar o nome do Brasil internacionalmente na área.

Voltar ao topo